Ao Vivo
 
 

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

HISTÓRIA

Dom João e o vigário de Porto Velho, Pe. Humberto Filippelli, foram ao bairro Arigolândia para escolher um terreno para a construção da Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro . A pedra fundamental da Igreja foi benta por Dom João no dia 18 de outubro de 1959. Na ocasião se lavrou uma ata. “Ata do lançamento da primeira pedra da Igreja de N. S. do Perpétuo Socorro no bairro da Arigolândia, na cidade de Porto Velho, capital do Território Federal de Rondônia. Aos 18 do mês de outubro de 1959 depois de Cristo (cita todas as autoridades eclesiásticas e civis) vigário da Catedral o P. Humberto Filippelli... Dom João benzeu a primeira pedra desta Igreja dedicada a N. S. do Perpétuo Socorro, na presença de uma grande multidão de fiéis. Para eterna memória do acontecimento foi lavrada a presente ata que. Depois de assinada será colocada debaixo da primeira pedra juntamente com as medalhas das associações paroquiais, das moedas correntes e de um exemplar do jornal ‘Alto Madeira’ e de um outro exemplar do jornal ‘Guaporé’. Porto Velho, 18/10/1959 .

A construção do edifício é obra do Pe. Humberto Filippelli, então pároco da Catedral. Teve como inspiração as linhas arquitetônicas da Catedral de São Marcos de Veneza. Foram muitas as ofertas para se levantar o edifício .

A primeira missa foi celebrada pelo Pe. Humberto Filippelli no dia 11 de agosto de 1963, seguida de uma concorrida procissão. “Foi nesta circunstância inaugurada a nova estrela tendo em três pontas três privilégios da Virgem Mãe de Deus e nas outras duas pontas a fachada da Catedral e do novo Santuário” . No centro a imagem de Maria.

No dia 1º de janeiro de 1964, um triste fato se abateu sobre a comunidade do Perpétuo Socorro. “Pelas 18 horas caiu todo o telhado da Igreja. Uma viga, de péssima qualidade (...) quebrou arrastando todas as outras vigas. Houve um prejuízo de mais de um milhão de cruzeiros. Deus é bom Pai, não permitiu que o telhado caísse quando havia operários trabalhando e meninos brincando” . Mas, em dezembro o novo telhado já estava terminado. “Não houve nenhuma pequena desgraça. Esperamos que agora não caia mais o telhado que tanto prejuízo nos deu e atrasou por um ano a abertura ao culto” .

A Igreja foi construída entre os anos de 1957 e 1967 para atender a uma iniciativa devocional que nasceu com uma missão redentorista em Porto Velho. A Igreja, de frente para o Rio Madeira, desfruta de esplêndida beleza natural e se apresenta como aquela que acolhe os ribeirinhos que chegam para a celebração.

Dona Joelina Barros comenta: “Um dia fui visitar a Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro no Bairro Arigolândia. Chegando lá encontrei o pintor Afonso Ligório no alto da fachada da Igreja esculpindo a estátua de um anjo. Ao ver-me ele me chamou e eu subi até onde ele estava trabalhando. Aí me falou que o Pe. Humberto Filipelli mandou fazer três estátuas de anjos, sendo a Fé, a Esperança e a Caridade. Como o preço do material era muito caro, o Padre ficou com a Esperança. Para quem se interessar: Aquele anjo que tem na frente da Igreja da Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é o anjo Esperança” .

A Paróquia tem duas comunidades: São Pedro e Nossa Senhora Aparecida (Balsa). A catequese nessas capelas era muito dinamizada pelas catequistas: Ir. Terezinha Canapi, Isis Brasil e Lídia. Também funcionou um Oratório festivo, com uma catequese muito ativa.

 

PÁROCO

Pe. José de Oliveira Filho (Diocesano)

E-mail: pezezeconde@hotmail.com

 

SECRETÁRIA

Catarina Batalha

 

EXPEDIENTE NA SECRETARIA

Segunda a Sexta-feira - 8h às 12h e 14h às 18h

Sábado - 8h às 12h

 

HORÁRIO DAS CELEBRAÇÕES

Domingo às 8h e 19h30

Terça-feira às 19h30

 

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO

Primeira Sexta-feira do mês às 18h

 

ENDEREÇO

Rua Major Amarante, 809 - Arigolândia

76801-180 - Porto Velho-RO

Fone: (69) 3221-4303

E-mail: paroquiaperpertuosocorropvh@gmail.com