Neste tempo favorável da quaresma o clero da arquidiocese de Porto Velho vivenciou um tempo de graça e aprofundamento espiritual. Ajudados pelo bispo emérito dom Angélico, da diocese de Blumenau - SC, os presbíteros puderam refletir sobre a grande beleza do deixar - se conduzir pelo Espírito Santo.


Dom Angélico foi um grande irmão entre os presbíteros, sua presença,  espiritualidade e sua vitalidade ajudou a caminhar e entender o padre como homem de oração e vida fraterna.  O presbítero é também o homem da contemplação. O que qualifica o discípulo é o amor. 
Um dos momentos mais destacados durante o retiro foi a importância de cuidar das vocações e do seminário, e a fundamental abertura para uma vida de irmãos, fazendo do nosso presbitério uma grande fraternidade de homens empenhados na missão confiada por Deus ao nosso Bispo, e juntos responder ao chamado do Senhor para servir e sermos homens da misericórdia.

A semana decorreu com muita alegrias e partilhas. Celebrando a Eucaristia todos os dias animados pela vida fraterna e o desejo de a cada dia renovar a nossa entrega a Santa Igreja de Cristo. Os padres partilharam as histórias vocacionais, houve um frutuoso momento penitencial e um forte encontro com Jesus Eucarístico na noite de adoração.

O retiro terminou com um agradecimento a dom Angélico por sua disposição.

 

Informações: padre Fernando

 

Fonte: PASCOM Arquidiocese de Porto Velho