Ao Vivo
 
 

Nota de falecimento

Nota de falecimento: Bispo Emérito de Guajará-Mirim, Dom Geraldo Verdier

Nota de falecimento: Bispo Emérito de Guajará-Mirim, Dom Geraldo Verdier

É com imenso pesar que a Arquidiocese de Porto Velho comunica o falecimento do Bispo Emérito de Guajará-Mirim, D. Geraldo João Paulo Roger Verdier na manhã do domingo, dia 22 de outubro de 2017. Tendo vindo a Porto Velho para exames de rotina, D. Geraldo foi acometido de um acidente vascular cerebral no dia 17. Tendo sido hospitalizado em estado grave, não apresentando melhora, veio a óbito nesta manhã. D. Geraldo veio ao Brasil na década de 70 como padre missionário, tendo-se instalado na diocese de Guajará-Mirim em 1975. Ordenado Bispo Diocesano da mesma sede em 25 de outubro de 1980, exerceu seu ministério até 8 de dezembro de 2011, quando ficou emérito e continuou até o fim da vida servindo à Igreja nesta mesma diocese. D. Geraldo também foi membro da Academia Guajaramirense de Letras, é autor do livro Paixão pela Amazônia, e sempre foi muito querido pelo Povo de Deus presente em sua diocese e também em todo o Regional. Enquanto vivemos a esperança, na construção do Reino de Deus e na espera do Reino definitivo, expressamos nossos sentimentos de pesar a D. Benedito Araújo, Bispo de Guajará-Mirim, aos presbíteros, religiosas, religiosos, seminaristas e a todo o Povo de Deus que sempre teve em D. Geraldo um exemplo de discípulo de Jesus Cristo. Porto Velho, 22 de outubro de 2017, Dia do Senhor.   Dom Roque Paloschi, Arcebispo Metropolitano Pe. Marcelo Moschini Daudt, chanceler   Informações sobre o velório: 22/10 às 15h: Missa de corpo presente na Catedral de Porto Velho. Após a Missa, cortejo até Nova Mamoré. 23/10 pela manhã segue até a paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Guajará-Mirim. Mais tarde segue para a Catedral Diocesana Nossa Senhora do Seringueiro. 24/10 às 10h: Sepultamento.
Nota de Falecimento: Irmãs Luíza Manuel e Suor Giuseppina Lupo - MCCJ

Nota de Falecimento: Irmãs Luíza Manuel e Suor Giuseppina Lupo - MCCJ

É com imenso pesar que a Arquidiocese de Porto Velho comunica o trágico falecimento de Irmã Luíza Manuel, MCCJ e Suor Giuseppina Lupo, MCCJ (conhecida como irmã Giuse) em acidente ocorrido por volta das nove horas do dia 24 de junho do corrente ano.   Uma moçambicana e a outra italiana, estavam a serviço do Evangelho de Jesus Cristo na Paróquia Santa Luzia do Matupi. No dizer dos missionários combonianos: “Há anos a comunidade das irmãs dedica-se com entrega total à missão do Matupi, num contexto difícil, em defesa e promoção da vida.” E, de um outro missionário da congregação: “Duas setas que, na Amazônia, apontam para a plenitude da vida.”   Queremos, nesse momento de dor, unirmo-nos em oração e solidariedade a toda família comboniana, à Igreja Particular de Humaitá, aos paroquianos de Matupi, às famílias das irmãs e a todos e todas que choram a despedida dessas duas missionárias.   A entrega da vida dessas irmãs renove nosso compromisso com a missão, como Jesus, que veio para que todos e todas tenham vida, e a tenham cada vez mais (cf. Jo 10,10b). A nossa fé na Vida Eterna renove nossa esperança no Reino Definitivo, enquanto caminhamos no caminho de Jesus.   Descansem em Paz!   Porto Velho, 25 de junho de 2017, 12º domingo do Tempo Comum.   Dom Roque Paloschi, Arcebispo Metropolitano Pe. Marcelo Moschini Daudt, chanceler