Porto Velho, sábado, 01 de outubro de 2022

Arquidiocese de Porto Velho
08/08/2022 . Palavra do Bispo

1º Domingo de Agosto – Vocação do Ministério Ordenado

Porto Velho, 07 de Agosto de 2022.

19º Domingo do Tempo Comum

DIA DO MINISTÉRIO ORDENADO

 

“Eis-me aqui, Senhor, para servir. Eis-me aqui Senhor no teu altar.

Celebrar a vida e a vida em comunhão, a minha vida eu quero te entregar”.

 

Irmãos e irmãs, Graça e Paz!

 

Estamos no mês de agosto, tempo especial no qual a Igreja celebra e agradece a Deus pelas vocações e ministérios. Foi em 1981, durante sua 19ª Assembleia Geral, que a CNBB instituiu agosto como Mês Vocacional com o objetivo de conscientizar as comunidades acerca da responsabilidade que compartilham no processo vocacional. Desde então, em cada domingo deste mês é celebrada uma determinada vocação.

Neste primeiro domingo destaca-se a vocação do ministério ordenado, lembrando a vida e missão do presbítero e diácono. A escolha deste domingo se deve ao fato de, no dia 4 de agosto, a Igreja celebrar o dia de São João Maria Vianney, o Cura D’Ars, patrono dos padres; e também, no dia 10, a memória de São Lourenço, patrono dos diáconos. Assim, nesta primeira semana a celebração abre uma reflexão sobre a importância da vocação sacerdotal para a Igreja, rezando a Deus para que envie padres à imagem de seu Filho, Jesus Cristo, único e eterno sacerdote.

Ser ministro ordenado é entender o chamado para ser um servo de Deus, um diácono, um sacerdote, um pai à semelhança de Cristo, que amou o povo pobre, simples e marginalizado e lhe deu sua vida. Ser ministro ordenado é confiar e acreditar em Deus e na sua Providência, caminhando seguro para a missão que lhe é designada. Ser ministro ordenado é ter clareza de que o fundamento do seu ministério e único parâmetro e exemplo a seguir é o do Bom Pastor que dá a vida pelas suas ovelhas. Ser ministro ordenado é saber que sua tarefa é continuar a missão de Jesus e ser um comunicador entusiasta do Evangelho. Ser ministro ordenado é saber que sua missão é construir comunidades, entender a alma humana, perdoar os pecados, evangelizar, unir e alimentar a comunidade por meio da Eucaristia.

Por fim, ser ministro ordenado é ter consciência de que somos colocados no mundo como sinais do amor e da fidelidade de Deus, que escolhe homens para colocá-los a serviço do povo. É ter consciência de que somos colocados no mundo somo sinal do Cristo Servo.

Que o Bom Deus possa nos dar a graça da conversão diária e da fidelidade alegre e oblativa de nossas vidas a serviço do povo, no amor.

Feliz dia a você, meu irmão padre!

Feliz dia a você, meu irmão diácono!

 

Com minha bênção e preces,

Dom Roque Paloschi

Bispo da Igreja que está em Porto Velho-RO

 

Mitra Arquidiocesana

Av. Carlos Gomes, 964 - Centro Cep: 76.801-147 - Porto Velho (RO)

Contatos

(69) 9368-2074 Telefone e WhatsApp pastoralarquivpvh@gmail.com

Funcionamento

Segunda-feira a Sexta-feira: 8h às 12h - 14h às 18h Sábado de 8h às 12h