Porto Velho, quarta, 30 de novembro de 2022

Arquidiocese de Porto Velho
22/04/2022 . Palavra do Bispo

Domingo da Misericórdia

Domingo, 24 de Abril de 2022

2º Domingo da Páscoa / Domingo da Misericórdia

 

Irmãos e irmãs, graça e paz!

 

Neste Segundo Domingo da Páscoa do Senhor, o Domingo da Misericórdia, queremos nos unir ao Salmista desta liturgia e louvar a Deus, dizendo: “Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom! Eterna é a sua misericórdia!” (Sl 117/118).

O Domingo da Divina Misericórdia foi instituído no calendário litúrgico da Igreja em 30 de abril de 2000, pelo Papa São João Paulo II, na Missa de canonização de uma religiosa polonesa chamada Maria Faustina Kowalska, a Santa Faustina. A partir desta data, as comunidades e as paróquias de todo o mundo passaram a celebrar no segundo domingo da Páscoa a Festa da Divina Misericórdia.

Na biografia da Santa Faustina está escrito que em 1931, no período entre a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, Jesus revelava para ela seu desejo de que o domingo após a Páscoa deveria renovar no coração da humanidade a convicção de que Deus é misericordioso. É claro que não preciso recordar que não é só neste domingo que Deus é misericordioso. Cada cristão e cristã deve carregar em seu coração e em sua mente a certeza de que a misericórdia do Senhor é infinita, permanente e constante. Ela não tem data fixa nem prazo de validade.

A misericórdia do Senhor se estende por toda a terra e abraça toda a criação. Mas, é importante celebrarmos esta data como comunidade de fé, principalmente dentro da oitava de Páscoa, tempo propício para fazermos memória agradecida do amor extremo de Jesus Cristo por nós. Por isso, a Igreja concede nesta data a indulgência plenária aos cristãos que, tendo se confessado recentemente, participarem da celebração da Festa da Misericórdia, recebido a Sagrada Eucaristia e rezado pelas intenções do Papa.

Também o Evangelho de hoje nos mostra que é na comunidade de fé que faremos a experiência da misericórdia de Deus, assim como aconteceu com Tomé: “Meu Senhor e meu Deus!” (Jo 20,19-31). Quando em nossos corações não tivermos mais dúvidas de que o nosso Deus é um Deus misericordioso, poderemos repetir com toda convicção esta breve prece: “Jesus, eu confio em Vós!”.

Então, poderemos, num só coro recitar a Oração deste dia: “Ó Deus de eterna misericórdia, que reacendeis a fé do vosso povo na renovação da festa pascal, aumentai a graça que nos destes. E fazei que compreendamos melhor o batismo que nos lavou, o espírito que nos deu nova vida e o sangue que nos redimiu. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Feliz Festa da Divina Misericórdia! Com minha bênção,

 

Dom Roque Paloschi

Mitra Arquidiocesana

Av. Carlos Gomes, 964 - Centro Cep: 76.801-147 - Porto Velho (RO)

Contatos

(69) 3221-2270 Telefone e WhatsApp pastoralarquivpvh@gmail.com

Funcionamento

Segunda-feira a Sexta-feira: 8h às 12h - 14h às 18h Sábado de 8h às 12h