Porto Velho, quarta, 28 de fevereiro de 2024

29/04/2023 . Palavra do Bispo

Domingo do Bom Pastor

IV Domingo de Páscoa – Domingo do Bom Pastor

60º Dia Mundial de Oração pelas Vocações – 30 de Abril de 2023

 

 

“Eu sou uma missão nesta terra e para isso estou neste mundo” (EG. 273).

 

 

Irmãos e Irmãs,

Paz e Bem!

 

Quantos motivos temos neste dia para louvar e agradecer a Deus! Primeiro, porque estamos ainda vivendo as alegrias do Tempo Pascal. Segundo, porque neste IV Domingo de Páscoa, a liturgia nos propõe um trecho do capítulo 10 do Evangelho de João, no qual Jesus é apresentado como o “Bom Pastor”. É por isso que o IV Domingo de Páscoa é o Domingo do Bom Pastor. E, terceiro, porque somos todos convocados pela Igreja a nos unirmos em oração pelo sexagésimo Dia Mundial de Oração pelas Vocações.

Foi no ano de 1964, durante o Concílio Vaticano II, que o papa São Paulo VI instituiu o Dia Mundial de Oração pelas Vocações. O desejo do papa era de ajudar o povo de Deus a tomar consciência de que é um povo vocacionado, assembleia de pessoas chamadas, convocadas, para formar a comunidade dos discípulos e discípulas missionários de Jesus Cristo, chamados a desempenhar no mundo sua vocação de filhos e filhas de Deus.

E, para nos ajudar a rezar e refletir, todo ano os papas escrevem aos cristãos do mundo inteiro uma carta. Neste ano de 2023, o Papa Francisco colocou como tema da carta: “Vocação: Graça e Missão”. O mesmo tema que a Igreja no Brasil escolheu para refletir durante o Ano Vocacional que estamos vivendo e que terminará em novembro deste ano.

Graça e Missão! Essas palavras nos revelam as duas dimensões da vocação: ela é dom gratuito de Deus, mas, é, também, compromisso e responsabilidade do cristão, porque todo ser humano que foi chamado por Deus à vida é uma pessoa vocacionada. Isto significa que ninguém veio ao mundo por acaso (por mais que nossas histórias pessoais possam dar essa impressão), a verdade é que Deus nos amou e chamou a cada um de nós. Você, eu, somos todos chamados por Deus a testemunhar que a vida tem sentido! Que o amor vence o ódio, e que, no final, a morte será vencida. Somos chamados a testemunhar que o ser humano é bom! Que a Casa Comum é dom de Deus confiado a nós para cuidarmos com respeito de tudo o que vive e respira.

É claro que, dentro desse grande leque de vocações, carismas e ministérios têm aqueles e aquelas a quem Deus chama para uma vocação mais específica: para serem padres, religiosos e religiosas que doam suas vidas por amor a Deus e ao seu povo, e aos quais a comunidade de fé tem a responsabilidade de acompanhar com suas orações e, quando possível e necessário, com meios materiais. Mas, seja qual for a nossa vocação, uma coisa é certa: somos todos chamados a ser guardiões da vida!

É o que nos mostra o Evangelho de hoje. Jesus Cristo, o Bom Pastor, (ao contrário dos falsos pastores que só querem se aproveitar do rebanho em benefício próprio), tem como missão, libertar o rebanho de Deus do domínio da escravidão e levá-lo ao encontro das pastagens verdejantes onde há vida em plenitude. O Evangelho e as leituras nos dizem que seguir o Bom Pastor é responder à injustiça com o amor, ao mal com o bem, acolher no coração a vida de Deus e deixar-se recriar, vivificar e transformar por ela.

Irmãos e irmãs, como é bela a vocação que Deus nos confiou! Como nos diz o Papa Francisco, em sua carta: “Esta é a estrutura fundamental daquilo que entendemos por vocação: Deus chama amando, e nós, agradecidos, respondemos amando.”. Amar a vida e cuidar da obra da Criação é nossa forma de responder com generosidade ao Deus que nos ama incondicionalmente.

Vamos pedir por intercessão de nossa Mãe, a Divina Pastora, para que, neste Domingo do Bom Pastor, o Espírito do Ressuscitado nos faça participantes da sua vocação. Para que possamos, todos nós, homens e mulheres de fé, assembleia dos chamados e escolhidos, sermos, por nossa vez, capazes de levar a vida a todos os lugares, especialmente onde há exclusão, exploração e morte e, desse modo, Deus reine cada vez mais neste mundo.

Rezemos juntos a oração composta por São Paulo VI para o 1º Dia Mundial das Vocações (11 de abril de 1964):

“Ó Jesus, divino Pastor das almas, que chamastes os Apóstolos para fazer deles pescadores de homens, continuai a atrair para Vós almas ardentes e generosas de jovens, a fim de fazer deles vossos seguidores e vossos ministros; tornai-os participantes da vossa sede de redenção universal, (…) abri-lhes os horizontes do mundo inteiro, (…) para que, respondendo ao vosso chamado, prolonguem aqui na terra a vossa missão, edifiquem o vosso Corpo místico, que é a Igreja, e sejam ‘sal da terra’, ‘luz do mundo’ (Mt 5,13)”. Amém!

 

 

Dom Roque Paloschi

Bispo da Igreja que está em Porto Velho

Mitra Arquidiocesana

Av. Carlos Gomes, 964 - Centro Cep: 76.801-147 - Porto Velho (RO)

Contatos

(69) 3221-2270 Telefone e WhatsApp pastoralarquivpvh@gmail.com

Funcionamento

Segunda-feira a Sexta-feira: 8h às 12h - 14h às 18h Sábado de 8h às 12h