Porto Velho, domingo, 25 de fevereiro de 2024

25/08/2023 . Palavra do Bispo

Mensagem para o dia dos catequistas

Queridos irmãos e irmãs,

Paz e Bem!

 

Neste 21º Domingo do Tempo Comum, dia em que a Igreja no Brasil homenageia os catequistas, recordo as palavras do Papa Francisco dita por ocasião do início de suas catequeses no ano de 2023: “Catequese é a paixão pela evangelização”.

Ser missionária, ser apostólica, evangelizar é vital para a Igreja e o Espírito Santo faz com que ela não fique fechada em si mesma, mas seja Igreja em saída, testemunhando Jesus ao mundo. Contudo, pode acontecer que o ardor apostólico diminua, porque quando a vida cristã perde de vista o horizonte da evangelização, adoece: fecha-se em si mesma, torna-se autorreferencial, atrofia-se, gerando cristãos fechados, que não pensam nos outros.

Quando isso acontece, é a hora em que mais precisamos de vocês, irmãos e irmãs catequistas! Sentinelas do Senhor! Vocês que responderam ao chamado de Deus e assumiram esta vocação, este Ministério na Igreja, de ser a memória viva de Deus!

Quando a Igreja retrocede e sofre a tentação de fechar-se, são vocês, os guardiões e guardiães da fé que, juntamente com seus ministros ordenados, devem ajudar-nos a lembrar de nossa dimensão missionária e universal. Por isso, quero agradecer a vocês, queridos catequistas. E, para tanto, uso novamente as palavras do Santo Padre dirigida aos catequistas em uma de suas viagens à África: “Para muitas comunidades, sois vitais como a água! Fazei-as crescer sempre com a clareza da vossa oração e do vosso serviço”.

Sim, vocês são vitais para a vida da Igreja! E agradecemos porque vocês não têm medo de investir no bem, no anúncio do Evangelho, preparando-se com paixão, dedicação e responsabilidade, dando vida a projetos e sonhos. Vocês não têm medo de fazer ouvir a vossa voz, porque, nas vossas mãos, está o futuro e também o presente da Igreja e dos novos cristãos! Vocês não têm medo porque no coração que está pleno de amor a Deus e ao próximo, não há espaço para o medo.

São vocês, que com coragem e de forma incansável, percorrendo estradas, campos e rios, com vossas palavras e com o vosso testemunho de fé, ajudam adultos, jovens e crianças a dar ao coração e à vida pontos firmes, direções estáveis, iluminados pela Palavra, pela Eucaristia e pelo Magistério da Igreja, sem se deixar roubar a esperança e a fé.

Queridos catequistas, em nome da Igreja particular de Porto Velho, agradeço-vos pelo que sois e fazeis: pelo vosso entusiasmo, a vossa luz e a vossa esperança.

Quero dizer-vos uma última coisa: nunca desanimeis! Apesar de todas as dificuldades e desafios que vocês encontram em vosso ministério de catequista, lembrem-se que Jesus confia em vocês e nunca vos deixa sozinhos.

Neste dia, peço a Deus Pai, Filho e Espírito Santo, por intercessão de nossa Mãe Auxiliadora e São José de Anchieta, patrono dos catequistas, proteja cada um e cada uma de vocês. Que conceda as graças necessárias para que vocês possam continuar testemunhando todos os dias a beleza do Amor que um dia vos olhou nos olhos e vos chamou a comunicar a beleza do amor de Deus ao mundo.

 

Com minha gratidão e bênção,

 

Dom Roque Paloschi

Mitra Arquidiocesana

Av. Carlos Gomes, 964 - Centro Cep: 76.801-147 - Porto Velho (RO)

Contatos

(69) 3221-2270 Telefone e WhatsApp pastoralarquivpvh@gmail.com

Funcionamento

Segunda-feira a Sexta-feira: 8h às 12h - 14h às 18h Sábado de 8h às 12h